» Notícias
26/07/2017
Tamanho da Fonte
 

Maggi: ministério busca parceiros para reabrir frigoríficos


O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, admitiu nesta quinta-feira, 20, em reunião com produtores em Alta Floresta (MT), que não há uma solução “no curtíssimo prazo” para a crise na pecuária naquele Estado, após o caso JBS e a delação dos empresários Joesley e Wesley Batista, além da suspensão da importação de carne bovina in natura pelos Estados Unidos.

Segundo ele, o ministério atua em busca de “parceiros” para que sejam reabertos frigoríficos em Mato Grosso, fechados após o crescimento da companhia e a concentração no setor de frigoríficos bovinos.

Na saída do evento, Maggi citou unidades que estão sendo reabertas em Cáceres (MT) e em Nova Monte Verde (MT) e a perspectiva de que plantas frigoríficas também possam retomar o abate e o processamento nas cidades mato-grossenses de Matupá, Brasnorte, Nova Xavantina e Várzea Grande.

“A dificuldade que temos serão oportunidade para reabertura dos frigoríficos. Isso vai mudar o patamar da arroba do boi e vamos ter uma pecuária muito mais disputada.”

Durante o encontro com os produtores em Alta Floresta, Maggi voltou a defender a reabertura comercial do Brasil, considerado “muito fechado” por ele, e criticou o que chamou de cartéis e monopólios do setor de insumos agropecuários.

Maggi disse, ainda, que o ministério tem feito com que a fila de liberação de novos produtos ande de forma mais rápida. “Em um ano houve mais autorizações para novos (produtos) veterinários e agrícolas e do que em 10 anos”, concluiu.


Fonte: Fonte: Estadão, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.