» Empresa \ Rastreabilidade
Tamanho da Fonte
 
 

Memorial descritivo:

O processo de certificação e rastreabilidade se divide em três (3) partes:

1) Adesão ao Sistema.

2) Identificação e conferência dos dados.

3) Fomento ou abastecimentos do sistema com as informações sobre os animais identificados e certificados por parte do produtor.
 

1-Adesão ao sistema (Escritório - Representante - Técnico Credenciado)

  • Preenchimento do Termo de Adesão a Norma Operacional (SISBOV);
  • Preenchimento do Cadastro do Estabelecimento Rural;
  • Preenchimento do Cadastro de Responsáveis pelas informações da propriedade;
  • Solicitar do Órgão de Defesa Animal Estadual, o Saldo de Animais para anexar ao processo;
  • Preenchimento da Solicitação de Códigos de Identificação;


2-Identificação e/ou conferência dos Dados (Campo)

  • Aplicação de elementos identificadores (brincos, bóttons, dispositivos eletrônicos, tatuagens e marca a fogo);
  • Preenchimento da Planilha Padrão de Identificação de Animais, fornecida pelo fabricante de brincos ou softwares particulares de gestão da rastreabilidade.


2.1-A identificação poderá ser feita de duas (2) maneiras:

a) Pelo produtor e ser supervisionado pelo Técnico credenciado posteriormente;
b) Pelo produtor juntamente com o Técnico credenciado que fará a avaliação da propriedade, e preenchimento de todas as planilhas. Coincidindo assim com a visita de supervisão e o preenchimento Laudo de Vistoria do Estabelecimento.


3-Abastecimento do sistema


*SÃO OBRIGAÇÕES DO PRODUTOR:


Preencher e manter O ARQUIVO da propriedade atualizado com todas as ocorrências, tais como:

a) Controle de movimentações dos animais (Entradas, Saídas, Mortes, Nascimentos, Reidentificações e outros)
b) Controle de eventos Zoosanitários e fitossanitários;
c) Controle de insumos utilizados na produção.